Sicredi expande atuação em São Paulo

Só em maio estão programadas quatro aberturas de unidades de atendimento e uma reinauguração

Cooperativas de crédito filiadas à Central Sicredi PR/SP vão inaugurar neste mês quatro unidades de atendimento (UA’s) no estado São Paulo e reinaugurar outra. A ação faz parte do plano de expansão das cooperativas paulistas, a partir da integração da Central São Paulo com a Central Paraná, ocorrida em 2011. As cidades nas quais o Sicredi aumentará sua presença são: Andradina, Pederneiras, Pompéia e São José do Rio Preto.

“Em 2012, o número de associados da Central Sicredi PR/SP cresceu 13% em relação a 2011, totalizando 560.257 cooperados. Para atende-los bem, e também os mais de 2,3 milhões de associados em todo o Brasil, precisamos ampliar nossa rede de atendimento”, justifica o presidente da Central Sicredi PR/SP e presidente da Sicredi Participações S/A, Manfred Dasenbrock. De acordo com ele, o investimento realizado pelas cooperativas na abertura dessas unidades foi da ordem de R$ 2 milhões.

A primeira inauguração será no dia 20, na cidade de Pompéia, localizada no oeste do Estado, que possui cerca de 20 mil habitantes. A unidade Pompéia Centro, a segunda do Sicredi na cidade, contará com 600m² e três caixas eletrônicos. Esta será a quinta unidade de atendimento da Cooperativa Sicredi Centro Oeste SP, que já está presente nas cidades de Marília, com duas unidades, Presidente Prudente e Garça, onde tem um posto de atendimento avançado, que será transformado, em breve, numa UA. A nova unidade de Pompéia já inicia atividades com 300 associados e a perspectiva é chegar a 600 até o final de 2013, alcançando R$ 3 milhões em recursos administrados.

Outra abertura acontecerá no dia 21 de maio, em Pederneiras, que fica na região central de São Paulo. A nova unidade, localizada na avenida principal da cidade, conta com 700m² e uma equipe de cinco colaboradores, para atendimento de até quatro mil associados. A cidade tem aproximadamente 45 mil habitantes e a perspectiva do Sicredi é conquistar mais 300 associados e chegar a R$ 2,7 milhões de recursos totais até dezembro deste ano.

No dia 22 será realizada a solenidade de reinauguração da unidade de atendimento de São Carlos, que está localizada na região central da cidade e possui uma estrutura de 250 m², além de dois caixas eletrônicos e sete colaboradores. Com a remodelação do ponto, que trará mais visibilidade ao Sicredi, a cooperativa espera ter um incremento de cerca de 400 associados, atingindo um crescimento de R$ 2 milhões em recursos totais até dezembro.

São José do Rio Preto também vai ganhar uma nova unidade, a terceira da cidade, na Rua Bernardino de Campos. A inauguração acontece no dia 23, oferecendo melhor qualidade de atendimento aos associados atuais e aos futuros integrantes da Sicredi Noroeste SP, que também conta com um posto de atendimento avançado na cidade, localizado no Hospital Ielar. O novo local conta com uma área construída de 350m², uma equipe de seis colaboradores e quatro caixas eletrônicos, para atender aos 600 associados atuais e aos 200 novos, que a cooperativa almeja conquistar, chegando a 20 milhões em recursos administrados.

A última inauguração de maio acontecerá no dia 24, em Andradina. A Cooperativa Sicredi Alta Noroeste SP já conta com três outras unidades, localizadas em Birigui, Penápolis e Araçatuba. O novo local, que fica na avenida principal da cidade, terá três caixas eletrônicos e cinco colaboradores, numa área construída de 610 metros quadrados – suficiente para atender até três mil pessoas. A expectativa é atrair 300 novos associados até o final do ano, atingindo R$ 2,8 milhões em recursos administrados.

Além disso, novas unidades serão abertas no segundo semestre de 2013 e início de 2014. “Ampliaremos a atuação em cidades como Tupã (Cooperativa Sicredi Centro Oeste SP), e Jaci (Cooperativa Sicredi Noroeste SP). Daremos início, também, a uma análise dos projetos para 2014 para as cidades de Piratininga (Cooperativa Sicredi Centro SP), Américo Brasiliense e Taquaritinga (Cooperativa Sicredi União Centro Norte), e Cedral (Cooperativa Sicredi Noroeste SP)”, adianta.

RESULTADOS – Em 2012, o Sicredi cresceu 20% em ativos totais e constituiu um patrimônio líquido de R$ 4,5 milhões, conquistando um aumento de 27% em comparação a 2011. No Paraná e em São Paulo, o montante liberado no Plano Safra 2011/2012, foi de R$ 2,1 bilhões, quase 50% do total nacional. Para o presidente da Central Sicredi PR/SP, Manfred Dasenbrock, o potencial agrícola da região é o grande responsável por esse crescimento cada vez mais acelerado. “São dois estados com grandes produtores e cooperativas agroindustriais. Por isso, os recursos foram 21,5% maiores em 2012, revela.

Fonte: Sicredi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.