Portal do Cooperativismo Financeiro Sicredi encerra 2016 positivo no Rio Grande do Sul com projeção de crescer em 2017 - Portal do Cooperativismo Financeiro

Sicredi encerra 2016 positivo no Rio Grande do Sul com projeção de crescer em 2017

Sicredi - novo logotipo 2017A Central Sicredi Sul, que congrega 39 cooperativas de crédito no Rio Grande do Sul, realizou no dia 31 de janeiro, na sua sede em Porto Alegre, Coletiva de Imprensa para apresentar os números de fechamento do ano de 2016 e suas perspectivas de investimentos para 2017.

O Sicredi, instituição financeira cooperativa, fechou o exercício de 2016 no Rio Grande do Sul, com um cenário diferenciado da realidade atual da economia brasileira. A operação acumulada do ano fechou com saldo positivo, somando ativos totais administrados acima de R$ 29,869 bilhões, representando 16,30% de crescimento sobre igual período de 2015. “Estes números refletem a confiança dos associados nas suas cooperativas. Este é um importante sinal para com os resultados alcançados. Agradecemos aos associados pela parceria, o trabalho realizado pelas cooperativas em 2016. E a visão de continuidade e engajamento para que em 2017 tenhamos crescimento sustentável e superação nos desafios”, afirma Gerson Seefeld, diretor executivo da Central Sicredi Sul, que atua do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

A instituição cooperativa vislumbra perspectivas de desafios para 2017, com cautela, mas otimista. “Justamente em situações onde a economia mostra dificuldades é que deveremos ter olhos para perceber as oportunidades. É importante que neste momento econômico, nosso trabalho esteja voltado ao fortalecimento das parcerias gerando valor e renda aos associados”, ressalta Seefeld.

O resultado acumulado do ano somou mais de R$ 875,98 milhões, tendo crescido 16,86% sobre o ano passado. Este valor será apreciado pelos associados durante o Processo de Assembleias que acontecem de fevereiro a abril de 2017, nas 39 cooperativas filiadas à Central Sicredi Sul, no Rio Grande do Sul.

Por estas razões, que o diretor aponta que as oportunidades de continuar crescendo em 2017. Fruto do perfil empreendedor do Sicredi que vem da capacidade de criar condições favoráveis para o associado gerar renda nos seus negócios. “Há muito trabalho e o empenho, de cooperativas e associados, entorno do engajamento à preservação da natureza cooperativa do negócio, na qual são os donos. Esta é a fórmula do Sicredi para conseguir manter crescimento e desempenho positivo frente as adversidades econômicas que o mercado passa atualmente”, pondera Seefeld.

Esta realidade garantiu que as 39 cooperativas do Rio Grande do Sul, filiadas ao Sistema Sicredi, registrarem crescimento de mais 55,40 mil novos associados, sendo 3,86% em Pessoa Física e de 3,23% na Pessoa Jurídica somando mais de 1,566 milhão de associados. E refletiu também no aumento total de pontos de atendimento para 582, com cobertura em 453 municípios gaúchos (representando 91% do estado).

O patrimônio líquido ficou acima dos R$ 4,674 bilhões, representando uma evolução de 19,13% sobre o ano passado. Os depósitos totais cresceram 17,42%, somando mais de R$ 17,622 bilhões (share: 17,16%). Na poupança a evolução foi de 30,40%, somando mais de R$ 3,578 bilhões em carteira (share: 6,07%). Já nas operações de crédito totais o avanço foi de 9,30%, totalizando mais de R$ 14,650 bilhões (share: 12,03%).

Algumas das razões que fizeram o Sicredi crescer em 2016 no RS:

– Consolidação do desenvolvimento das 39 cooperativas filiadas no RS nas suas áreas de cobertura com intensificação do relacionamento com as comunidades, que deflagrou crescimento e expansão no Rio Grande do Sul;

– A evolução das parcerias com as entidades setoriais e sindicais. A intensificação do relacionamento e de acordos de cooperação estratégicas com as Cadeias Produtivas do RS, dentre elas: Cadeia da Pecuária de Corte; Cadeia do Leite; Cadeia do Arroz; Cadeia da Avicultura; e Cadeia da Suinocultura. E a forte atuação junto ao Agronegócio e, em especial, da Agricultura Familiar;

– O avanço do número de associados e a confiança dos já associados (que fizeram do Sicredi sua 1ª instituição financeira), que desencadearam um processo de solidez e liquidez, mantendo de forma gradual e constante o crescimento do Sicredi no mercado gaúcho.

Sicredi no RS em 2016

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.