Banco Central abre 3ª Semana Nacional de Educação Financeira

ENEF 2016Sescoop é um dos apoiadores do Semana ENEF, cujo objetivo é promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira.

Brasília (16/5) – O Banco Central do Brasil, por meio do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef), lançou hoje, em Brasília, a 3ª Semana Nacional de Educação Financeira. O evento reuniu representantes de diversas entidades parceiras do Banco, dentre elas o Sistema OCB, representado pelo superintendente Renato Nobile, pela gerente geral, Tânia Zanella, e pela gerente geral do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), Karla Oliveira. O Sescoop é um dos apoiadores do Semana ENEF.

O presidente do Conef e diretor de Relações Institucionais e Cidadania do Banco Central, Luiz Edson Feltrim, fez a abertura do evento no Edifício-Sede da instituição em Brasília. A abertura da Semana ENEF também contou com a presença do Secretário-Executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, que falou sobre a inserção da educação financeira na Base Nacional Comum Curricular; de representantes do Procon/Campinas e da Maurício de Sousa Produções, que apresentaram o Projeto Consumo Consciente com a Turma da Mônica; e do economista Samy Dana, responsável por ministrar uma palestra sobre irracionalidade na tomada de decisões financeiras.

BELÉM – A semana é composta por iniciativas que ocorrerão em todo o país com o objetivo de conscientizar o cidadão a fazer bom uso do dinheiro, contribuindo para o fortalecimento da cidadania e para a maior eficiência do Sistema Financeiro Nacional. No Pará, por exemplo, as atividades começaram hoje e vão envolver tanto cooperativas quanto o Sistema OCB/PA.

A Unicred Belém promoveu a palestra “Planejamento Financeiro e Você”, ministrada por Tobias Maag e Carlos Amorim, planejadores financeiros. Houve, ainda, um momento para discutir o “Controle das Finanças Domésticas”, em evento aberto ao público, promovido pelo Sicoob Cooesa, na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). As ações na capital paraense ocorrem até sexta-feira.

COOPERAÇÃO – O Sescoop e o Banco Central do Brasil têm um acordo de cooperação técnico-institucional de quatro anos, visando à realização conjunta de cursos nas áreas de educação e inclusão financeiras, bem como seu material didático. Segundo o superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, o programa de Educação e Inclusão Financeira está completamente alinhado à filosofia de programas como o Felicidade Interna do Cooperativismo (FIC) e o Dia de Cooperar (Dia C).

“Nosso grande capital são as pessoas. É preciso destacar o rosto humano que atua nos setores da economia brasileira e é por isso estamos aqui: para assegurar que essas pessoas – cooperados, familiares e empregados de cooperativas – tenham bem estar e qualidade de vida, por meio de um processo de educação cada vez melhor”, frisa o superintendente.

CURSO – O programa de Educação Financeira é um anseio antigo das duas entidades. As tratativas para esta parceria começaram há alguns anos e culminaram com a realização de turmas-piloto, cujos participantes receberam informações que os auxiliarão em seus processos de gestão financeira e desenvolvimento econômico. O curso, ministrados por analistas do Banco Central, têm uma carga horária de 40h. A ideia da parceria é de criar profissionais, que já estão inseridos nas empresas, para repassar o conhecimento adquirido aos outros colaboradores e cooperados.

BRASÍLIA – Entre os destaques da programação em Brasília, o Banco Central realizará amanhã, às 14h30, no Edifício-Sede, evento sobre educação financeira para escoteiros entre 7 e 11 anos, com assinatura de acordo entre a instituição e a União Nacional dos Escoteiros e abertura da exposição das Moedas Olímpicas e Paralímpicas no Museu de Valores. No dia 18/5, de 8h30 às 18 horas, o Ministério da Fazenda promove o Seminário de Educação Fiscal e Financeira, na Escola de Administração Fazendária. Os eventos da Semana ENEF são todos gratuitos.

Clique aqui para a programação do evento.

OBJETIVO – A Semana Nacional de Educação Financeira tem o objetivo de promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), instituída em 2010 como política de Estado, de caráter permanente, para contribuir para o fortalecimento da cidadania ao fornecer e apoiar ações que ajudem a população a tomar decisões financeiras mais autônomas e conscientes. A primeira edição do evento aconteceu em 2014 e somou mais de 170 eventos em 17 estados brasileiros, entre palestras, cursos, gincanas, concursos culturais e workshops. Em 2015, foram realizados mais de 500 eventos em todas as regiões do Brasil. (Fonte: Com informações da Assessoria de Imprensa do Banco Central)

Fonte: www.brasilcooperativo.coop.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.