Dia Internacional do Cooperativismo será celebrado em 6 de julho

“Empresas cooperativas continuam fortes em tempos de crise” é o tema definido pela ACI

No primeiro sábado do mês de julho, dia 6, será comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo. Para marcar a data e destacar o crescimento das cooperativas mesmo em momentos difíceis na economia mundial, a Aliança Cooperativa Internacional (ACI) escolheu o tema “Empresas cooperativas continuam fortes em tempos de crise”.

As cooperativas representam a força da união das pessoas em torno de objetivos comuns. Elas incentivam o empreendedorismo, criam oportunidades de negócio, asseguram a manutenção de empregos nas comunidades e promovem o crescimento das pessoas e das regiões onde estão presentes.

Mais de 1 bilhão de associados no mundo escolheram o sistema cooperativo como meio de organização, fundamentado em princípios como adesão voluntária e livre, gestão democrática, intercooperação e autonomia para a prosperidade conjunta. A consagração do modelo foi reconhecida inclusive pela Organização das Nações Unidas (ONU), que, no ano passado, declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas.

No Brasil, de acordo com o Relatório 2012 da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), 10,4 milhões de pessoas estavam associadas a uma cooperativa em dezembro de 2012, um aumento de 4% na comparação com o ano anterior, o que corresponde a aproximadamente 370 mil novos associados. Regionalmente, o Sudeste ficou em primeiro lugar (cerca de 4,9 milhões de associados), seguido do Sul (4 milhões) e do Centro-Oeste (cerca de 713 mil). Já entre os Estados, São Paulo está na liderança (3,4 milhões). Rio Grande do Sul (2,1 milhões) e Santa Catarina (1,2 milhões) ocupam o segundo e o terceiro lugares, respectivamente. A expectativa da OCB é que o número de associados chegue a 12 milhões até 2016.

No último ano, o cooperativismo gerou 304 mil empregos diretos, número 2,7% superior ao verificado em 2011, e injetou R$ 8 bilhões na economia nacional, apenas com o pagamento de salários e benefícios ao trabalhador. Os dados da OCB mostram que o número de cooperativas manteve-se estável nos dois últimos anos: 2012 com 6.587 cooperativas e 2011 com 6.586. As cooperativas atuam em 13 ramos como crédito, agropecuário, transporte, entre outros. Em exportações, o cooperativismo registrou US$ 6 bilhões, sendo 98% da agropecuária.

 

Cooperativismo de Crédito

As cooperativas de crédito democratizam o acesso aos recursos, promovem a formalização de atividades, o resgate da cidadania, a geração de empregos, o aumento da renda e fortalecem a economia local. Os associados desfrutam dos resultados gerados de forma coletiva. Sua atuação está pautada na vocação econômica das regiões.

Segundo o Woccu (Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito), o cooperativismo de crédito, segmento de atuação do Sicredi, reúne 51 mil cooperativas e 196,4 milhões de associados no mundo. O Brasil concentra 1.231 cooperativas, de acordo com dados do Banco Central.

O Relatório 2012 da OCB informa que o ramo crédito destaca-se em número de associados, respondendo por cerca de 50%, 4,9 milhões, do total de associados. As cooperativas de crédito também fomentam a inclusão financeira, especialmente em municípios menores. O Sicredi, por exemplo, é a única instituição financeira existente em 235 cidades brasileiras. As cooperativas de crédito possuem a terceira maior rede de atendimento em número de “agências”, com mais de cinco mil pontos de atendimento. Em dezembro de 2012, o volume de ativos chegou a R$ 103 bilhões.

Em 2012, o Sicredi registrou crescimento de 20% em ativos totais, de R$ 26 bilhões em 2011 para R$ 31,3 bilhões. O patrimônio líquido passou de R$ 3,6 bilhões, em 2011, para R$ 4,5 bilhões, um aumento de 27%. O volume de sobras – resultado positivo das cooperativas – totalizou R$ 671,4 milhões, incremento de 29,5% ao que foi alcançado em 2011, R$ 518,1 milhões. O número de associados também cresceu 13% em relação a 2011, o que representa mais de 2,3 milhões.

 

Cooperativismo de Crédito

 

Campanha publicitária

O Sicredi, em parceria com a agência Morya, desenvolveu uma campanha publicitária para celebrar a data. As peças apresentam ícones e palavras-chave do cooperativismo e do cooperativismo de crédito, que funcionam como um manifesto pró-cooperativismo, trazendo harmonia e destaque aos diferenciais do negócio.

O conceito apresenta pessoas comuns como atores do cooperativismo. A expressão é de orgulho e satisfação por fazer parte de um negócio que dá certo e não para de crescer. Como elemento unificador e síntese da mensagem em todos os desdobramentos, foi criado um selo pró-cooperativismo.

 

Sobre o Sicredi – O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 2,3 milhões de associados e 1.229 pontos de atendimento, em 10 estados* do país. Organizado em um sistema com padrão operacional único conta com 108 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em quatro Centrais Regionais – acionistas da Sicredi Participações S.A. – uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo que controla uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios. Mais informações no site sicredi.com.br.

* Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.