Relatório do Congresso Cooperativo Mundial é divulgado pela ACI

A Aliança Cooperativa Internacional divulgou seu relatório sobre o Congresso Cooperativo Mundial , que ocorreu em Seul, República da Coreia, de 1 a 3 de dezembro de 2021.

Escrito por Ann Hoyt, Professora Emérita da Universidade de Wisconsin-Madison, o relatório resume as discussões que ocorreram no Congresso sob o tema ‘Aprofundar nossa identidade cooperativa’.

Estes foram centrados em quatro subtemas relacionados ao exame, fortalecimento, comprometimento e vivência da identidade cooperativa. As sessões relacionadas ao exame da identidade cooperativa exploraram uma série de questões, incluindo publicidade, governança, educação, patrimônio e parcerias com governos e a marca cooperativa.

As conversas realizadas no segundo subtema de fortalecimento da identidade cooperativa incluíram cadeias de valor éticas, inovação e redes empreendedoras, necessidades de capital, desenvolvimento sustentável e tecnologia digital.

As sessões sobre o compromisso com a identidade cooperativa se concentraram nos esforços para enfrentar as mudanças climáticas, promover a paz, a auto-ajuda e a solidariedade, impulsionar a coesão social e a igualdade e apoiar as comunidades locais, incluindo as mais vulneráveis ​​da sociedade.

No último dia, o Congresso discutiu a vivência da identidade cooperativa, com foco no emprego, segurança alimentar, saúde, habitação, energia e cooperação multilateral com a Economia Social e Solidária (ESS).

Temas consistentes foram tecidos nas discussões a partir dos desafios enfrentados pelo movimento cooperativista internacional. Estes incluíram mudanças climáticas, sustentabilidade, inclusão, novas tecnologias, recursos de capital, cadeias de valor éticas, vida profissional, colaborações organizacionais, paz positiva, multilateralismo e pesquisa, treinamento e educação.

As discussões produziram várias recomendações para ação. Embora os delegados quisessem manter os elementos centrais da identidade cooperativa, alguns disseram que ela deveria se envolver mais firmemente com os desafios globais, como as mudanças climáticas. Outras propostas incluíram um novo princípio de inclusão e equidade, aumentando a visibilidade da marca cooperativa, alinhando-se às identidades sociais, ambientais e culturais dos consumidores, fomentando legislação e políticas governamentais que reconheçam as cooperativas, desenvolvendo metas e métricas para demonstrar a contribuição do setor para os ODS e fornecer financiamento, capacitação e assistência técnica para cooperativas.

O relatório completo está disponível aqui .

Assista aqui ao Webinar sobre a Consulta Global sobre a Identidade Cooperativa!

Fonte: ACI e mundocoop.com.br

Compartilhe a notícia:
5k
fb-share-icon15000
20
Pin Share20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.