Copom eleva taxa básica de juros de 2,75% para 3,5% ao ano

Aumento da Selic já havia sido indicada pelo Banco Central e era aguardada pelo mercado financeiro. Alimentos e combustíveis têm pressionado inflação nos últimos meses.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (5) elevar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 2,75% para 3,5% ao ano.

A decisão já era esperada por analistas do mercado financeiro. Isso porque o BC já havia indicado em março, e reiterado nas últimas semanas, que a taxa avançaria 0,75 ponto percentual em maio.

Em comunicado, o comitê explicou que o aumento nos juros se deve à inflação de alimentos e bens industriais. Além disso, o Copom avaliou que o avanço da vacinação contra a Covid-19 deve impulsionar a recuperação da atividade econômica no Brasil ao longo do ano.

Para o Copom, o ritmo de crescimento da economia brasileira ainda é incerto. “Mas aos poucos [o nível de incerteza] deve ir retornando à normalidade”, afirma.

Este foi o segundo aumento seguido da Selic. Em março, o Copom elevou a taxa de 2% para 2,75% ao ano, aumento além do esperado à época pelo mercado financeiro..

Os analistas das instituições financeiras estimam que a taxa subirá mais nos próximos meses, atingindo 5,5% no fim de 2021, e 6,25% no fim de 2022.

Fonte:  g1.globo.com

Compartilhe a notícia:
5k
fb-share-icon15000
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*