Comitê de Política Monetária mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu nesta quarta-feira (19) manter a taxa básica de juros (Selic) em 6,5% ao ano.

A decisão já era esperada pelo mercado financeiro. Fixado desde março deste ano, este é o menor patamar da Selic desde o início do regime de metas para a inflação, em 1999.

A expectativa dos analistas é que a taxa não seja alterada até o fimdeste ano e, em 2019, seja elevada gradualmente até alcançar 8% ao ano.

No comunicado sobre a decisão, o Copom informou que o cenário econômico atual “prescreve manutenção da taxa Selic no nível vigente”.

Diferentemente dos comunicados anteriores, o texto indica a possibilidade de elevação dos juros caso haja a possibilidade de aumento da inflação “no horizonte relevante para a política monetária”.

“O Copom reitera que a conjuntura econômica ainda prescreve política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural. Esse estímulo começará a ser removido gradualmente caso o cenário prospectivo para a inflação no horizonte relevante para a política monetária e/ou seu balanço de riscos apresentem piora”, diz.
O Comitê ressalta que os próximos passos da política monetária continuarão dependendo “da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação”.

o

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*