ProcapCred impulsionou o crescimento do cooperativismo de crédito

O programa já soma R$ 1 bilhão nos sistemas cooperativos brasileiros

Atualmente, o cooperativismo de crédito no Brasil vive um novo momento no Sistema Financeiro Nacional. O setor passa por transformações e expressa o crescimento acentuado através das ações desenvolvidas em diferentes esferas. Esta fase legitima a função de impulsionar o desenvolvimento o que também é comprovado através do reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU) ao declarar 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas. Neste contexto, um dos principais fatores que contribuiu para o crescimento do setor foi a criação do Programa de Capitalização das Cooperativas de Crédito – ProcapCred, instituído em 2006 através da Resolução nº 3.346, que tem como objetivo promover o fortalecimento da estrutura patrimonial das cooperativas de crédito, por meio da concessão de financiamentos diretamente aos cooperados.

No período compreendido entre 2006 e 2011, os sistemas cooperativos brasileiros que operam com o ProcapCred alcançaram valores expressivos e, atualmente, o Programa soma, cerca de, R$ 1 bilhão capitalizados. Deste montante, as Cresóis Central e Baser somam juntas, aproximadamente, R$123 milhões, através de 67.966 contratos. Estes dados revelam a importância do ProcapCred para o setor e justificam a reunião, realizada no dia 16 março, com os Ministérios da Fazenda (MF) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para debater a continuidade do programa.

Conforme o Diretor Presidente da Cresol Central, Egon Gabriel Junior, o encontro foi importante para o fortalecimento das cooperativas de crédito através do financiamento de cota capital aos associados. “Junto a continuidade, nós também propomos algumas mudanças que vão contribuir para melhorias nesse financiamento, como o aumento individual do associado, a redução da taxa de juros equivalente ao Pronaf Mais Alimentos, aumento no prazo de pagamento de cinco para dez anos e a elevação do endividamento das cooperativas de 100% para 150% do seu patrimônio”, explica.

Para o Diretor Operacional de Crédito, Cláudio Risson, a agenda foi produtiva. “O ProcapCred é uma injeção direta no capital das cooperativas, fortalece o patrimônio, dá mais solidez e capacidade para que elas tomem e emprestem recursos e, ainda, faz com que o cooperativismo de crédito amadureça de forma mais rápida. Por isso, encontros como este são positivos porque podemos expor propostas e debater melhorias que irão qualificar ainda mais o programa”, afirma. Risson destaca ainda a importância do papel desempenhado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) enquanto agente financeiro que operacionaliza o ProcapCred.

As propostas sugeridas durante o encontro serão encaminhadas para avaliação do Conselho Monetário Nacional (CMN) e a expectativa é de resultados positivos nas próximas reuniões.

Fonte: Cresol Central

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*