Lições da Babilônia: Aumente sua capacidade para ganhar, por Chael Mazza e Elvira Cruvinel

“Assim, o sétimo e último remédio para a falta de dinheiro é cultivar suas próprias aptidões, estudar e somar conhecimentos, tornar-se mais habilidoso e agir sempre respeitando a si mesmo”
(CLASON, 1926:56)

“Conhecer a si mesmo é o começo de toda sabedoria”, já dizia Aristóteles. E, até antes dele, o antigo povo da Babilônia já valorizava o poder do conhecimento.

A sabedoria era algo extremamente apreciado na sociedade da época, ainda mais do que a riqueza. Enquanto moedas podem ser perdidas, o aprendizado de uma vida se mantém. Os sábios eram justamente aquelas pessoas que haviam passado por muita coisa na vida e souberam tomar as decisões corretas, seja aprendendo com a própria experiência ou com a dos outros.

No mundo dos investimentos, assim como em qualquer esfera da vida, o conhecimento é essencial. Ele representa justamente a riqueza que não pode ser tomada, a mais valiosa de todas. O conhecimento é necessário não apenas para investir e fazer render suas moedas, mas também para mantê-las, bem como para tomar as melhores decisões frente às adversidades.

É impressionante como a maioria das pessoas reclama de suas finanças, principalmente das dívidas, salário baixo e falta de dinheiro, mas são poucas aquelas que buscam aprender sobre finanças e investimentos. Temos em nossa sociedade um racional enraizado simples. Se quero ser médico, preciso aprender medicina. Se quero ser advogado, preciso aprender direito. Agora, por algum motivo, se estou endividado ou quero ganhar mais dinheiro, não sei o que fazer. E o interessante é que a resposta está na ponta da língua: aprenda finanças e investimentos.

Se você quer ganhar mais dinheiro ou possui problemas com suas finanças, não espere que o conhecimento (ou o dinheiro) caiam no seu colo. O esforço para aprender é necessário.

O desafio hoje não está em acessar o conhecimento, até porque este está acessível a todos que possuam uma conexão com a internet. O desafio está em saber filtrar, dentre aquele mundo de informações, o que é de qualidade. Além disso, existem alguns conhecimentos que poucos buscam, mas que são essenciais na hora de ganhar mais moedas.

O que aprender, eis a questão.

Não se deve limitar aquilo que se aprende, pois existem diferentes estratégias de investimento e controle de finanças para diferentes pessoas. Contudo, existem alguns pontos relevantes que é preciso conhecer muito bem!

Primeiro, procure aprender sobre como administrar seu dinheiro. Temáticas como finanças pessoais, controle do orçamento, planejamento financeiro e renegociação de dívidas são essenciais para organizar vidas financeiras que estão bagunçadas. Se você está naquela fase da vida onde as dívidas estão tirando seu sono e tudo o que você recebe de dinheiro acaba rápido, comece por aqui. Apenas quando tiver um orçamento sólido, livre de dívidas – ou pelo menos com a quitação delas bem encaminhada – e com um valor para investir todo mês é que você deve seguir adiante. Não antecipe-se aqui em aprender a investir na bolsa, dólar e Bitcoins. O dever de casa (literalmente) deve ser feito primeiro.

Mas, não é apenas na parte técnica que você deve focar. Muitos especialistas em finanças estão endividados até o pescoço! E a explicação é simples: falta a parte comportamental. O dinheiro possui um significado forte para todos, definindo ou externalizando nossa forma de ver e se relacionar com o mundo e os nossos sonhos. Pense em todos os sonhos que você quer alcançar e depois elimine aqueles que precisam de dinheiro. O que resta?

Pois é, o dinheiro desempenha um papel em nossas vidas muito maior do que imaginamos. Por isso, invista em conhecer suas emoções, em especial aquelas relacionadas ao dinheiro. Buscar entender o comportamental e a psicologia por trás do dinheiro é importante para você saber lidar com as emoções ao ganhar e ao perder dinheiro. Temáticas como finanças comportamentais e psicologia econômica o ajudarão a entender melhor sua relação com o dinheiro. Lembre-se que entender o problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

Após ter um orçamento bem administrado e sua parte emocional bem fortalecida, aí sim é hora de investir. São inúmeras as possibilidades de investimento que existem, mas o segredo é que o mais importante não é onde o dinheiro está, mas sim a consistência em investir. Fazer um bom dever de casa de investir uma parte do que você ganha todo mês já fará uma grande diferença em sua vida.

Na parte de investimentos, procure começar com aqueles de renda fixa. É uma excelente opção de investimento de risco baixo e é algo que deve fazer parte da sua carteira de investimentos para o resto de sua vida, independentemente se você é um investidor iniciante ou avançado.

Para a renda variável, o ideal é encontrar algo que combine com o risco que está disposto a assumir. Agora, se você quiser cortar caminho e ir direto para o que mais funciona, procure aprender sobre análise fundamentalista e investimentos de longo prazo em ações. São a forma mais consistente – e menos estressante – de se ganhar dinheiro com a renda variável. Depois de dominar essa parte, fica a seu critério explorar as demais.

Por fim, é importante saber não apenas como investir seu dinheiro, mas, como mantê-lo. Afinal, ninguém quer construir uma riqueza para depois perdê-la. Procure aprender sobre diversificação e alocação de ativos e gerenciamento de riscos. Aqui, mais uma vez, a importância do emocional se sobressai. Desenvolver uma mente tranquila, sabendo que investir envolve ganhos e perdas, e manter-se firme ao seu propósito é a chave do sucesso.

Estou motivado, e agora?

Em finanças o conhecimento é essencial, mas o grande diferencial surge justamente quando o colocamos em prática – a atitude, para além do conhecimento e das habilidades! Existe muito conhecimento teórico de finanças e investimentos, mas a experiência é a mãe de todas as lições.

Busque, então, começar aos poucos. Aprenda um pouco e teste na prática. Veja se aquilo faz sentido para você e, principalmente, se o está fazendo ganhar mais dinheiro. Teste diferentes dicas de finanças pessoais e veja como isso faz diferença no seu orçamento. Deixe de lado o que não funciona para você e aperfeiçoe aquilo que funciona. Você saberá de imediato o que funciona, pois o resultado impacta diretamente o seu bolso.

Ao começar a investir, busque aprender um tipo de investimento de cada vez. Não invista em nada que você não entenda. Teste diferentes abordagens e estratégias e veja com o que se identifica mais e, principalmente, quais estratégias estão rendendo mais dinheiro no longo prazo e com menor risco. Aceite que perdas fazem parte da trajetória de qualquer investidor. Aprenda com os erros, volte, estude um pouco mais e tente novamente.

Ao longo do tempo você verá que a lapidação dos conhecimentos acontece na prática, e é com a prática e a paciência que você começará a ver resultados cada vez mais positivos no seu bolso. A lição é simples: investir não é um tiro de cem metros, mas sim uma maratona. Não é uma questão de quem cruza a linha de chegada mais rápido – seja qual for essa linha de chegada –, mas sim quem continua correndo por mais tempo.

Gostei, o que mais?

Desenvolver habilidades em finanças e investimentos é fundamental para a construção de riqueza, mas não é apenas isso. Como diz a sétima e última lição dos babilônios, você deve aumentar sua capacidade para ganhar, fazer sua renda aumentar. Em outras palavras, você deve investir em você mesmo.

No trabalho, as pessoas que são promovidas costumam ser aquelas que possuem mais capacidade técnica e emocional para resolver problemas. Seja essa pessoa. Dedique-se ao trabalho com afinco, procurando se destacar. Faça cursos e treinamentos, busque a aprendizagem contínua e procure ser referência naquilo que você faz. Você perceberá que a “sorte” favorece, em geral, aqueles mais preparados e persistentes.

Agora, se você não gosta de seu trabalho atual, procure uma alternativa que não comprometa sua renda. Não largue seu emprego antes de ter um novo caminho bem definido, ao mesmo tempo que não deixa seus sonhos de lado. Quando fazemos aquilo que gostamos, naturalmente nos tornamos cada vez melhores.

Independente do caminho escolhido, foque em aumentar sua renda, principalmente se você está começando agora nesse mundo das finanças e investimentos ou tem muita dívida para pagar. Se você tiver feito o dever de casa de organizar seu orçamento, qualquer renda extra fará você quitar mais rapidamente suas dívidas ou investir mais dinheiro para o seu futuro.

No fim das contas, o melhor investimento que você pode fazer é em si mesmo. Estude finanças e investimentos, desenvolva novas habilidades, faça cursos e treinamentos sobre diferentes assuntos, aprenda sempre, inclusive sobre você mesmo! Desse modo verá que, com mais conhecimento e habilidades, alcançará uma vida mais próspera.

Com esse artigo, finalizamos a série sobre as sete lições da Babilônia de como lidar bem com o dinheiro. Esperamos que os seculares ensinamentos tenham feito bem a você e que você já tenha dado o primeiro passo!

(…) existe algum segredo para ser rico? Trata-se de algo que possa ser ensinado?
– Naturalmente, Majestade. Tudo o que o homem conhece pode ser ensinado aos outros. (…) Assim explicarei (…) as setes soluções para a falta de dinheiro, (…) Aprendam meticulosamente estas lições, para que também possam plantar em suas próprias bolsas as sementes da riqueza. (…)” (CLASON, pág. 37 a 40)

Referência
CLASON, George Samuel. O homem mais rico da Babilônia. 1ª edição. Rio de Janeiro: HarperCollins, 2017. Escrito em 1926.

Chael é doutor em Administração pela UNB e criador do @curtafinancas no Instagram. Elvira é doutora em Administração pela FGV e possui ampla experiência com educação financeira. O conteúdo do artigo é de inteira responsabilidade dos autores, não representando posicionamento da instituição em que trabalham.

Compartilhe a notícia:
5k
fb-share-icon15000
20
Pin Share20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.