Workshop sobre cooperativismo de crédito reuniu lideranças em Maringá

Workshop Cooperativismo de CréditoEvento realizado pela CACB e Sicoob Central Unicoob em parceria com o Sebrae contou com a participação de representantes de associações comerciais e empresariais de 19 estados e do DF.

Lideranças e dirigentes de associações comerciais do Distrito Federal e de 19 estados estiveram em Maringá nos dias 18 e 19 de maio para participar do workshop “Cooperativismo de Crédito”. O evento foi promovido pela 23(CACB) e pelo Sicoob Central Unicoob, com patrocínio do Sebrae e apoio da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM).

Durante o workshop, os participantes puderam conhecer experiências de êxito realizadas no Paraná, que mostraram as vantagens e a importância das cooperativas de crédito no desenvolvimento sustentável das comunidades e dos pequenos negócios, além dos principais desafios do setor.

Abrindo a programação do primeiro dia, o presidente da ACIM, José Carlos Valêncio, apresentou os projetos da entidade e falou sobre o funcionamento do Observatório Social de Maringá e do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem). Em seguida, representando o Sebrae Nacional, Weniston Ricardo, falou sobre a estratégia nacional de desenvolvimento do cooperativismo financeiro para pequenos negócios. Neste ano, a instituição fará o terceiro chamamento para projetos, com financiamento de 50% pelo Sebrae e contrapartida de 50% das cooperativas.

O presidente do Conselho de Administração do Sicoob Metropolitano, Luiz Ajita, palestrou sobre o sucesso da parceria com a ACIM e sobre o papel do cooperativismo no desenvolvimento de Maringá. A programação teve ainda a apresentação do diretor-presidente do Bancoob, Marco Aurélio Almada, que explicou como o segmento pode colaborar no equilíbrio do sistema financeiro brasileiro.

No segundo dia de apresentações, o presidente do Sicoob Confederação, Henrique Villares, chamou a atenção para o crescimento das cooperativas de crédito no Brasil e como elas podem atuar para impulsionar o desenvolvimento econômico e social, promover a inclusão, a educação e oferecer produtos e serviços financeiros a preços justos. “Nos últimos cinco anos, as operações de crédito aumentaram 76% e hoje, as cooperativas brasileiras representam 19,7% dos pontos de atendimento do sistema financeiro com suas 5,8 mil agências”.

A importância do comprometimento das lideranças e da comunidade na implantação e na consolidação de uma cooperativa de crédito foi o tema da palestra do presidente do Sicoob Central Unicoob, Jefferson Nogaroli. “É possível e viável, só não é fácil. Mas depois que a cooperativa se instala em uma cidade, ela passa a ser agente de transformação. No Paraná, o Sicoob é o braço financeiro das associações comerciais”.

Na sequência, o diretor geral da Sancor Seguros, Leandro Poretti, falou sobre o histórico da seguradora, que é a maior da Argentina e opera no Brasil há quatro anos, tendo sede em Maringá e o Sicoob como sócio. Poretti destacou que a Sancor tem produtos que estão sendo desenvolvidos em parceria com a ACIM e serão ofertados para outras associações.

O coordenador estadual do Sebrae PR, Flávio Localtelli Junior, mostrou os resultados do trabalho desenvolvido pela entidade para melhorar o crédito para os pequenos negócios em parceria com as cooperativas e citou que os principais desafios são proporcionar crédito às empresas, mas também promover a inclusão financeira delas. Locatelli destacou também a importância da atuação das Sociedades Garantidoras de Crédito, que no último ano tiveram um crescimento de 27% no Paraná. “Hoje já são seis SGCs em funcionamento no Estado, atendendo a 191 dos 399 municípios e com mais de 3 mil empresários associados. De abril a setembro, empresas paranaenses deixaram de pagar R$ 4 milhões em juros ao contar com o aval das Sociedades Garantidoras de Crédito em suas operações”.

O workshop contou ainda com as apresentações de Nilton Molina, membro da diretoria da Associação Comercial de São Paulo, e dos membros do conselho administrativo do Sicoob Meridional, Solange Pinzon De Carvalho e Rainer Zielasko, que também integra a diretoria da CACB.

Encerrando o evento, o presidente da CACB, George Pinheiro, ressaltou a importância do trabalho que tem sido feito pelas associações comerciais em parceria com as cooperativas de crédito no Paraná para ampliar a capacidade competitiva das micros, pequenas e médias empresas. Segundo Pinheiro, a expansão do sistema de crédito cooperativo é a saída para reduzir o controle dos grandes bancos sobre o mercado financeiro brasileiro.

“No Brasil, 93% do crédito está concentrado em sete bancos, sendo três deles estatais. Na maioria dos países, os juros são menores por causa das cooperativas de crédito, que representam cerca de 40% do mercado financeiro. O exemplo do Paraná é muito importante para o crescimento das cooperativas de crédito no Brasil. Precisamos investir no crescimento das cooperativas para que elas sejam uma opção com juros menores, principalmente neste momento que estamos vivendo”, complementou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*