Sicredi cria superintendência de sustentabilidade

Executivo holandês Olaf Brugman assume o desafio, após mais de 17 anos de experiência na Europa.

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,8 milhões de associados e presença em 22 estados e no Distrito Federal – criou em agosto deste ano a Superintendência de Sustentabilidade. A iniciativa deriva da Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da instituição e do trabalho fundamental que tem sido realizado pela Fundação Sicredi nos últimos anos. A nova área terá o papel de integrar e potencializar as práticas e iniciativas ligadas ao tema. Quem assume a cadeira é Olaf Brugman, executivo com 17 anos de experiência no Rabobank, banco cooperativo holandês referência no tema na Europa.

A criação da superintendência reforça a importância e visibilidade para o tema da sustentabilidade que o Sicredi busca, cada vez mais, empregar nas suas atividades estratégicas. Com o crescimento da instituição, em termos de ativos e número de associados, essa infraestrutura é importante para a troca de experiências e identificação de novas práticas desenvolvidas. Um trabalho realizado em uma cooperativa, por exemplo, pode ser replicado em outra integrante do Sicredi”, explica Brugman que completa: “Em um sistema cooperativo algumas unidades funcionam há muitos anos e são bem maduras, outras são mais recentes. É preciso atuar de forma sistêmica para que todas as unidades de negócio possam ter o mesmo nível de excelência em suas ações, se beneficiando das boas práticas e dos sucessos das outras”.

A Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental do Sicredi orienta o trabalho de gestão desde 2015. As estratégias são debatidas em reunião anual do Comitê (nacional) de Sustentabilidade e os temas mais importantes são encaminhados para a deliberação do Conselho de Administração da SicrediPar, holding que congrega todas as entidades integrantes do Sistema Sicredi.

Com a criação da superintendência, o Sicredi busca potencializar suas ações na área de sustentabilidade, gerando ainda mais benefícios aos associados e à comunidade em geral. “Vamos trabalhar para que aspectos da sustentabilidade estejam integrados em todas as áreas e não como programa separado. Por exemplo na concessão de crédito, nos novos produtos e em outras soluções que, ao final, tenham o objetivo de beneficiar a vida e o empreendimento do associado”, analisa o executivo.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,8 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.
*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.