Portal do Cooperativismo Financeiro Na Bélgica, diretores renovam a parceria internacional entre Cresol e TRIAS - Portal do Cooperativismo Financeiro

Na Bélgica, diretores renovam a parceria internacional entre Cresol e TRIAS

A parceria de longa data, entre a Cresol e o TRIAS, tem uma importância muito grande para o desenvolvimento do Sistema Cresol e do cooperativismo solidário, e para celebrar essa cooperação, durante a passagem dos diretores e colaboradores da Cresol pela Bélgica, em intercâmbio internacional, o Diretor Superintendente da Central Cresol Baser, Adriano Michelon, o Diretor da Cresoltec, Alzimiro Thomé, e o Diretor Geral da Ong Belga TRIAS, Lode Delbare, assinaram o Memorando de Acordo entre as instituições.

O documento de renovação da parceria tem data válida até 2022, o que reforça ainda mais a importância do trabalho em prol ao cooperativismo e a economia solidária entre as instituições.

Para o Diretor Superintendente da Cresol, Adriano Michelon, a Cresol e o Trias sempre trabalharam para o crescimento dos agricultores familiares. “Essa parceria foi fundamental no surgimento da Cresol, onde a colaboração internacional do Trias e as ideias inovadoras para a expansão das cooperativas e disseminação de informações para os agricultores fizeram a diferença na construção do Sistema, e essa parceria de mais de vinte anos se fortalece a cada dia”, destaca Michelon.

No Brasil, a Ong trabalha em favor de movimentos cooperativistas de Economia Solidária e da Agricultura Familiar, exercendo atividades de cooperação com os parceiros locais e também internacionais, onde a Cresol tem o apoio da ong para aproximação de cooperativas europeias com a realização de intercâmbios de diretores e colaboradores que são tão importantes para a qualificação do participante e excelência do sistema.

De acordo com o Trias, o apoio da Cresol na execução das atividades nas regiões onde o sistema está presente é muito importante para o cooperativismo solidário, pois os cursos e capacitações de formação que tratam, entre diversos temas, sobre gestão das propriedades com bases sustentáveis, redução de custos e incentivo à diversificação de culturas, são uma forma de incentivo para a permanência do homem no campo.

As Parcerias Internacionais

A Cresol tem uma história de grandes parcerias internacionais. O Fundo de Crédito Rotativo, com recursos oriundos da ONG alemã Misereor, foi responsável pelos primeiros financiamentos feitos para agricultores familiares nas regiões Sudoeste e Centro-Oeste do Paraná. O desdobramento deste Fundo deu origem às primeiras cooperativas Cresol, em 1996.

A parceria com o governo belga também é de longa data, inicialmente com apoio da ACT e depois pelo Trias. Também da Bélgica, o banco BRS apoiou, no ano 2004, o projeto de estruturação de auditorias, classificação das cooperativas e desenvolvimento do sistema de Intranet.

Da Holanda, por meio, do banco cooperativo Rabobank, veio o apoio para o desenvolvimento de sistemas de controle e gestão nas cooperativas singulares, além do desenvolvimento de novos produtos para atender a demanda do quadro social.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.