Portal do Cooperativismo Financeiro Cresol participa da 40a edição da Expointer - Portal do Cooperativismo Financeiro

Cresol participa da 40a edição da Expointer

Cooperados prestigiam atrativos e assinam contratos com o BNDES.

Pelo segundo ano consecutivo a Cresol Confederação está presente com estande na Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários – Expointer. O evento, que acontece de 26 de agosto a 03 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio – RS, é a 40ª edição da feira que é considerada uma das maiores deste gênero no mundo e a maior a céu aberto da América Latina. A Expointer reúne as últimas novidades da tecnologia agropecuária e agroindustrial e fomenta ações negociais.

O estande da Cresol reúne as centrais de crédito que formam uma aliança para promover a expansão, o fortalecimento e a gestão do Cooperativismo de Crédito Rural Solidário no país. A instituição atende a mais de 470 mil cooperados e 541 unidades de atendimento, as quais estão presentes em mais de 15 estados brasileiros. A participação na Expointer visa fomentar ações negociais e receber parceiros e associados com cafés especiais e passeios no Drink nas Estrelas que é uma das grandes novidades da feira, no qual a estrutura é içada a 40 metros de altura, proporcionando uma vista única do parque aos participantes.

Assinaturas de contratos com o BNDES

A Cresol Confederação e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram contratos para liberação de crédito visando consolidar a parceria e ofertar recursos para que os associados ampliem a produção e, consequentemente, a renda familiar.

Na oportunidade representaram o BNDES o Diretor, Ricardo Ramos; o Superintendente da área de Operações Indiretas, Marcelo Porteiro Cardoso; o Chefe da Área de Operações Indiretas, Carlos Vianna Costa; o Gerente do Departamento de Operações de Internet, Mauricio Schaffer; e o Gerente da Área de Operações Indiretas, Tiago Peroba. Também presenciaram o ato o Presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri, o Conselheiro do FGcoop, Adriano Michelon, e os presidentes da Centrais, Luiz Tomacheski (Baser), Rudemar Casagrande (SC/RS), José Silva (Sicoper) e Cosme Ariosvaldo Nascimento (Ascoob).

Foram assinados três contratos envolvendo a Cresol, BNDES e os agricultores gaúchos Cecilia Peligrini, Josemar Testolin e Jadir Ramkrapes. Cecilia reside em Ipê/RS e trabalha com produtos agroecológicos, e está investindo R$ 16.898,00, através do Pronaf Investimento Agroecologia, para a construção de uma estufa de madeira que permitirá ampliar a produção. Josemar reside em Paulo Bento/RS e trabalha com produção de grãos, soja e milho, suinocultura e gado de corte, sendo que está investindo R$ 31.179,16, por meio do Pronaf Investimento, para energia renovável através de placas solares. Por fim, Jadir Ramkrapes, que reside em Ibiraiaras/RS e trabalha com fruticultura, está investindo R$ 16.932,00 via Pronaf Custeio Agrícola para ampliar a produção de uva, o qual está sendo operado através do Sistema BNDES On-line.

Representando a Cresol Confederação, Michelon apresentou um histórico da parceria desenvolvida entre Cresol e BNDES, a qual iniciou em 1995 e já permitiu a efetivação de 589 mil contratos que beneficiaram agricultores de todo o país. Além disso, destacou um comparativo das liberações realizadas na safra passada e na atual, ponderando os avanços e crescimento obtidos através da plataforma BNDES On-line, a qual permite agilidade nos processos e na liberação dos recursos.

Magri destacou aos presentes que a parceria entre Cresol e BNDES é um esforço coletivo que está focado em fortalecer a Agricultura Familiar, e que as novas tecnologias produtos apresentados vão ao encontro em agilizar os processos e qualificar a liberação do crédito. Além disso, salientou que com a parceria é possível que os cooperados invistam em suas propriedades, aumentem a produção e melhorem a qualidade de vida, mas que também apostem em alternativas sustentáveis, a exemplo dos contratos voltados a agroecologia e sustentabilidade energética que foram assinados na data de hoje.

O associado Jadir Ramkrapes descreveu aos presentes a dificuldade que era acessar antigamente crédito para investir, sendo que com a Cresol e com o BNDES está sendo possível agilizar a liberação do recurso. “Podemos comprar os adubos e fazer a aplicação do plantio na hora certa e, com isso, trabalhar adequadamente”, pondera.

Já para Ricardo Ramos a relação histórica é um ganho mútuo já que o BNDES consegue chegar nos agricultores porque conta com as cooperativas de crédito. “O BNDES busca entender a dinâmica dos clientes e sempre se aperfeiçoa para que a missão em ofertar crédito qualificado seja dada em qualquer momento da economia”, destaca. Na oportunidade Ramos aproveitou para lançar o Cartão Agro e convidar a Cresol para que possa operá-lo, tendo em vista que ele surge como um produto complementar ao Plano Safra para pequenos investimentos com possibilidade, inclusive, de fazer compras sem sair de casa. “Buscamos dar prioridade na tecnologia da informação em buscar soluções financeiras para operar com agilidade, e por isso estamos ofertando novos serviços, a exemplo do Cartão Agro. Por isso, convidamos a Cresol a fazer parte desse projeto-piloto”, aponta.

Encerrando o evento, foram entregues produtos da agricultura familiar para as autoridades e aos agricultores, seguido de um coquetel.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.