Workshop sobre cooperativismo de crédito reuniu lideranças em Maringá

Workshop Cooperativismo de CréditoEvento realizado pela CACB e Sicoob Central Unicoob em parceria com o Sebrae contou com a participação de representantes de associações comerciais e empresariais de 19 estados e do DF.

Lideranças e dirigentes de associações comerciais do Distrito Federal e de 19 estados estiveram em Maringá nos dias 18 e 19 de maio para participar do workshop “Cooperativismo de Crédito”. O evento foi promovido pela 23(CACB) e pelo Sicoob Central Unicoob, com patrocínio do Sebrae e apoio da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM).

Durante o workshop, os participantes puderam conhecer experiências de êxito realizadas no Paraná, que mostraram as vantagens e a importância das cooperativas de crédito no desenvolvimento sustentável das comunidades e dos pequenos negócios, além dos principais desafios do setor.

Abrindo a programação do primeiro dia, o presidente da ACIM, José Carlos Valêncio, apresentou os projetos da entidade e falou sobre o funcionamento do Observatório Social de Maringá e do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem). Em seguida, representando o Sebrae Nacional, Weniston Ricardo, falou sobre a estratégia nacional de desenvolvimento do cooperativismo financeiro para pequenos negócios. Neste ano, a instituição fará o terceiro chamamento para projetos, com financiamento de 50% pelo Sebrae e contrapartida de 50% das cooperativas.

O presidente do Conselho de Administração do Sicoob Metropolitano, Luiz Ajita, palestrou sobre o sucesso da parceria com a ACIM e sobre o papel do cooperativismo no desenvolvimento de Maringá. A programação teve ainda a apresentação do diretor-presidente do Bancoob, Marco Aurélio Almada, que explicou como o segmento pode colaborar no equilíbrio do sistema financeiro brasileiro.

No segundo dia de apresentações, o presidente do Sicoob Confederação, Henrique Villares, chamou a atenção para o crescimento das cooperativas de crédito no Brasil e como elas podem atuar para impulsionar o desenvolvimento econômico e social, promover a inclusão, a educação e oferecer produtos e serviços financeiros a preços justos. “Nos últimos cinco anos, as operações de crédito aumentaram 76% e hoje, as cooperativas brasileiras representam 19,7% dos pontos de atendimento do sistema financeiro com suas 5,8 mil agências”.

A importância do comprometimento das lideranças e da comunidade na implantação e na consolidação de uma cooperativa de crédito foi o tema da palestra do presidente do Sicoob Central Unicoob, Jefferson Nogaroli. “É possível e viável, só não é fácil. Mas depois que a cooperativa se instala em uma cidade, ela passa a ser agente de transformação. No Paraná, o Sicoob é o braço financeiro das associações comerciais”.

Na sequência, o diretor geral da Sancor Seguros, Leandro Poretti, falou sobre o histórico da seguradora, que é a maior da Argentina e opera no Brasil há quatro anos, tendo sede em Maringá e o Sicoob como sócio. Poretti destacou que a Sancor tem produtos que estão sendo desenvolvidos em parceria com a ACIM e serão ofertados para outras associações.

O coordenador estadual do Sebrae PR, Flávio Localtelli Junior, mostrou os resultados do trabalho desenvolvido pela entidade para melhorar o crédito para os pequenos negócios em parceria com as cooperativas e citou que os principais desafios são proporcionar crédito às empresas, mas também promover a inclusão financeira delas. Locatelli destacou também a importância da atuação das Sociedades Garantidoras de Crédito, que no último ano tiveram um crescimento de 27% no Paraná. “Hoje já são seis SGCs em funcionamento no Estado, atendendo a 191 dos 399 municípios e com mais de 3 mil empresários associados. De abril a setembro, empresas paranaenses deixaram de pagar R$ 4 milhões em juros ao contar com o aval das Sociedades Garantidoras de Crédito em suas operações”.

O workshop contou ainda com as apresentações de Nilton Molina, membro da diretoria da Associação Comercial de São Paulo, e dos membros do conselho administrativo do Sicoob Meridional, Solange Pinzon De Carvalho e Rainer Zielasko, que também integra a diretoria da CACB.

Encerrando o evento, o presidente da CACB, George Pinheiro, ressaltou a importância do trabalho que tem sido feito pelas associações comerciais em parceria com as cooperativas de crédito no Paraná para ampliar a capacidade competitiva das micros, pequenas e médias empresas. Segundo Pinheiro, a expansão do sistema de crédito cooperativo é a saída para reduzir o controle dos grandes bancos sobre o mercado financeiro brasileiro.

“No Brasil, 93% do crédito está concentrado em sete bancos, sendo três deles estatais. Na maioria dos países, os juros são menores por causa das cooperativas de crédito, que representam cerca de 40% do mercado financeiro. O exemplo do Paraná é muito importante para o crescimento das cooperativas de crédito no Brasil. Precisamos investir no crescimento das cooperativas para que elas sejam uma opção com juros menores, principalmente neste momento que estamos vivendo”, complementou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.