Portal do Cooperativismo Financeiro Cooperativas de crédito: ferramentas de inclusão econômica - Portal do Cooperativismo Financeiro

Cooperativas de crédito: ferramentas de inclusão econômica

Cooperativas de crédito_ferramenta de inclusão econômicaRio de Janeiro sedia até amanhã a 11ª edição do Concred, evento destinado ao desenvolvimento do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo.

Brasília (29/9/16) – Governança. Sustentabilidade. Inovação. Estas três palavras servem de bússola às organizações que querem crescer e ampliar sua competitividade. Por isso, estes são os pilares da 11ª edição do Congresso Brasileiro do Cooperativismo de Crédito (Concred), aberto ontem, no Rio de Janeiro, com uma cerimônia que reuniu dirigentes de cooperativas de crédito, representantes de unidades estaduais e autoridades do setor.

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, que participou da abertura do evento, foi enfático ao dizer que o cooperativismo de crédito tem feito a diferença na economia brasileira. “O segmento está dobrando de tamanho a cada quatro anos e daqui para frente não basta ser somente diferente. Temos de ter uma unidade estratégica, respeitando a diversidade das instituições, mas sempre com um foco bem claro: crescer”, reforça Márcio Freitas.

SATISFAÇÃO – O Concred, que conta com o apoio do Sescoop, é uma realização da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras). Seu presidente, Celso Régis, anfitrião do vento, discursou, satisfeito, sobre os resultados já na edição 2016 do Concred. “Celebramos a conquista, por exemplo, do aumento de público, superior em relação aos anos anteriores. Sinto que, a cada edição, nos fortalecemos como uma rede. O Concred é um espaço de debates de temas que, com toda certeza, serão fundamentais para o desenvolvimento do Ramo Crédito no país”, comentou.

CRESCIMENTO – Marcos Diaz, presidente do Sistema OCB/RJ, em seu pronunciamento, disse que o cooperativismo de crédito vive um importante momento. “No Rio de Janeiro, o segmento voltou a crescer, seguindo a realidade dos demais estados brasileiros. E o Congresso será um campo fértil que possibilitará o crescimento contínuo das instituições financeiras cooperativas, não só no Rio, mas em todo o país”, concluiu.

PRESENÇAS – Também participaram da mesa de abertura do Concred o secretário-executivo do Banco Central do Brasil (Bacen), Márcio Barreira Moreira, o presidente do Fundo Garantidor de Cooperativismo de Crédito (FGCoop), Bento Venturim, o presidente do Sistema Sicoob, Henrique Villares, o presidente do Sistema Confesol, Assísio Magri, o presidente do Sistema Unicred, Léo Trombka e o presidente da Frencoop Fluminense, Paulo Ramos.

O EVENTO – O 11º Concred ocorre até amanhã, no Centro de Convenções do Hotel Windsor Oceânico, na capital fluminense. Esta edição tem como tripé três elementos imprescindíveis às cooperativas: a governança, a sustentabilidade e a inovação, culturas corporativas que, integradas, ampliam os horizontes do Sistema Nacional do Cooperativismo de Crédito (SNCC) e dão aos dirigentes e cooperados a oportunidade de mais experiências, conhecimentos e troca de informações. (Com informações do Sistema OCB/RJ)

Fonte: brasilcooperativo.coop.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.