Portal do Cooperativismo Financeiro Receita de serviços do Sicoob ES cresce 21,6% no primeiro semestre - Portal do Cooperativismo Financeiro

Receita de serviços do Sicoob ES cresce 21,6% no primeiro semestre

Agência Sicoob ESO Sicoob ES atendeu as expectativas internas e encerrou o primeiro semestre com bons resultados, mesmo diante da grave situação econômica do País e da maior crise hídrica já ocorrida no Estado. O desempenho foi apoiado principalmente nas receitas de serviços (em especial consórcio e seguros), que alcançaram a cifra de R$ 56,6 milhões nos primeiros seis meses do ano, total 21,6% superior ao mesmo período de 2015.

Nailson Dalla Bernadina, diretor da instituição, destaca que não houve aumento das tarifas de serviços e nem das taxas de juros neste semestre, e que o crescimento é resultado do ótimo custo benefício do portfólio de produtos da cooperativa.

As sobras (lucro) obtidas pelo Sicoob ES no período foram de R$ 123,4 milhões, praticamente o mesmo do primeiro semestre de 2015 e em linha com o planejamento para o ano, afirma Bernadina.

Ativos e Depósitos

Os ativos da instituição financeira cooperativa tiveram alta de 22%, e agora o Sicoob ES administra R$ 4,8 bilhões em bens e direitos. Da mesma forma, o patrimônio líquido também está mais valorizado: encerrou o semestre em R$ 1,1 bilhão.

O saldo de depósitos do Sicoob cresceu 28% e fechou o semestre em R$ 2,7 bilhões. Os valores em poupança também registraram aumento de 4% e totalizaram R$ 482 milhões.

Crédito

O volume de crédito aumentou 13% em relação ao primeiro semestre de 2015. O saldo da carteira em 30 de junho foi de R$ 3,4 bilhões.

De acordo com o diretor, houve aumento das provisões de crédito, ou seja, a instituição fez reservas prevendo um crescimento na inadimplência em função da crise hídrica e econômica. “O Sicoob ES está preparado, atento ao momento econômico e consciente da gravidade da situação, principalmente no agronegócio, por estar próximo do produtor”, afirmou.

Bernadina enfatizou que a instituição vem atendendo às demandas dos agricultores de forma individualizada, analisando o impacto da frustração da safra e realizando renegociações. Também está buscando alternativas junto às fontes geradoras de recursos de crédito rural para melhorar as condições de amortização das operações em face da crise hídrica.

Expansão

O ritmo de investimento planejado também foi mantido, e serão inauguradas mais sete agências neste ano – quatro no Estado e três no Rio de Janeiro. Os municípios de Viana, Conceição da Barra e Muqui vão receber o primeiro ponto de atendimento do Sicoob, enquanto em Vila Velha será aberta a quarta unidade da cooperativa, no Centro.

No Rio de Janeiro, vão ser entregues três agências: duas em São Francisco de Itabapoana (uma no Centro e outra no distrito de Travessão) e uma em Campos de Goytacazes, que será a segunda no município.
Neste semestre, o Sicoob ES passou a ter sete novas agências: Jardim Limoeiro (Serra), Itacibá (Cariacica), Sicoob Credestiva (Centro de Vitória), Guarapari (Bairro Aeroporto), Piaçu (Distrito de Muniz Freire), Itaperuna e Campos (RJ).

Sobre o Sicoob

O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do País. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado, participação nos resultados e tecnologia que facilita a movimentação. Os associados, que são donos do negócio, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, pois a instituição assegura cobertura de R$ 250 mil por cliente.

Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem 189 mil associados. São oito as cooperativas filiadas – Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo, Sicoob Credirochas e Sicoob Credestiva. O sistema atua em todo o Brasil, com 2,4 mil unidades, e atende 3,3 milhões de associados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.