O Dia Internacional do Cooperativismo

O Dia Internacional do Cooperativismo (DIC) é comemorado anualmente no primeiro sábado de julho, que neste ano foi o dia 2/7. A Aliança Cooperativa Internacional (ACI) sempre sugere um tema norteador para as comemorações, que visam a para aumentar a consciência sobre o cooperativismo e ajudar a promover o movimento, aproximando-o da comunidade. A data foi celebrada pela primeira vez em 1923. Atualmente, o movimento está presente em mais de 100 países e soma mais de 800 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo responsável por cerca de 100 milhões de postos de trabalho. No Brasil, são mais de 6.650 cooperativas, com 9 milhões de cooperados.

Durante o mês de julho, e mais especificamente na última semana, unidades da Organização das Cooperativas Brasileiras em diversos estados da Federação promoveram atividades dos mais variados tipos para celebrar a data. Confira neste especial algumas das ações em comemoração ao 89º Dia Internacional do Cooperativismo.
  

OCB e Sescoop promovem seminário na Câmara para celebrar o Dia Internacional do Cooperativismo

“Fazer um Brasil melhor, com mais juventude e mais cooperativismo. Este é o nosso objetivo, por isso estamos hoje reunidos, para refletir sobre o papel dos jovens no futuro do movimento e do nosso país”. Assim, o presidente do Sistema OCB/Sescoop, Márcio Lopes de Freitas, deu início ao Seminário “Juventude: o futuro do cooperativismo”, na tarde desta quarta-feira, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Jovens cooperativistas, parlamentares e representantes da sociedade civil participaram do encontro. Leia mais.
 

Painel traz reflexão sobre a importância do jovem no cooperativismo

 “A responsabilidade pelo desenvolvimento econômico e social do país está nas mãos de vocês (jovens)”. Esse foi o mote do painel Juventude e cooperativismo, que contou com a participação do presidente do Sistema OCB-Sescoop/AM, Petrúcio de Magalhães Júnior, e do representante do escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Renato Mendes. Ambos ressaltaram a importância dos jovens para a continuidade e manutenção do cooperativismo.
Leia mais.

Parlamentares falam sobre a juventude e o cooperativismo

O debate sobre o papel da juventude no futuro do movimento cooperativista e do Brasil também contou com a participação dos parlamentares presentes no seminário realizado pelo Sistema OCB/Sescoop. Confira o que foi enfatizado por aqueles que fizeram parte da mesa de abertura do encontro, que ocorreu na tarde de hoje (6/7), na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).
Deputado Zonta – presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo
“A iniciativa da Frencoop, da OCB e do Sescoop é fazer com que o congresso nacional possa abrir espaço para discutirmos temas relevantes para o país e para o futuro. Nada mais oportuno, no momento de comemorarmos o dia internacional do cooperativismo, que falarmos da juventude, que é o presente e o futuro do nosso movimento e também do Brasil”. 

Senadora Ana Amélia Lemos – integrante da Frente Parlamentar do Cooperativismo  

“Nas nossas mãos, estão o presente e o amanhã e temos enormes desafios nesse caminho, que começam pela educação. Estamos muito abaixo dos níveis de qualidade do ensino básico, se comparados a outros países. Por isso, temos que acreditar cada vez mais no cooperativismo, como regime econômico mais solidário. É um segmento que já mostrou sua força social, tem papel relevante. Eu acredito no cooperativismo”. 
 
Deputado Giovani Cherini – integrante da Frente Parlamentar do Cooperativismo
“O cooperativismo tem a capacidade de diminuir as diferenças e, por isso, é uma bandeira defendida pelos jovens e para os jovens. E nós, como parlamentares, temos de trabalhar por eles, assim como o setor cooperativista”. 
 
Deputado Jhonathan de Jesus – vice-presidente da Frente Parlamentar da Juventude
“É preciso o investimento em políticas públicas com o objetivo de preparar os nossos jovens. Precisamos de educação, capacitação e leis que apoiem isso”. 
 
Deputada Manuela D´ávila – vice-presidente da Frente Parlamentar da Juventude
“Temos a oportunidade de trabalhar com essa população que está no ápice da sua capacidade produtiva. A juventude quer participar, ser protagonista da história do país. Quer trabalhar, mas quer se qualificar. E, se pensarmos em protagonismo e trabalho, necessariamente pensaremos em cooperação. E pensar em cooperação é pensar em cooperativismo. Que este segmento consiga abrir caminhos para os jovens e se renovar”. 
 

Mensagens internacionais

 
Em celebração ao Dia Internacional do Cooperativismo, a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO) divulgaram mensagens sobre o tema comemorativo – Juventude: o futuro do cooperativismo.  A ONU destaca a importância de engajar a energia e a força dos jovens e diz que o modelo cooperativo permite à juventude criar e gerenciar organizações sustentáveis, fomentando, portanto, o empreendedorismo juvenil. A FAO, por sua vez, ressalta o senso de inovação, criatividade e dinamismo das novas gerações. A instituição enfatiza ainda que elas, no campo, poderão superar o desafio da segurança alimentar e as cooperativas têm a particularidade de desenvolver o potencial desses jovens.
 
Obtenha mais informações, acessando as mensagens da ONU e da FAO.
 

Comemorações pelo Brasil

Confira como foram as comemorações pelo Dia Internacional do Cooperativismo nos diversos estados:
Paraíba
 
 
 
Espírito Santo
 
Pará
 
Mato Grosso do Sul
 
 
 
Rio Grande do Sul
 
São Paulo
 
Ceará
 
Alagoas
 
CECRED (Paraná e Santa Catarina)
 

Fonte: OCB

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.