Portal do Cooperativismo Financeiro BNDES consolida parceria com cooperativas de crédito - Portal do Cooperativismo Financeiro

BNDES consolida parceria com cooperativas de crédito

Painel do II Fórum Nacional de Cooperativas de Crédito de MPE mostra resultados de quatro cooperativas inovadoras de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Paraná

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já desponta como o grande parceiro das cooperativas de crédito. Cerca de 40% da carteira de microcrédito do BNDES é constituída de repasses para as cooperativas que operam com micro e pequenas empresas e empreendedores individuais.

O painel “Cooperativismo de Crédito e Microfinanças”, que fez parte da Programação do II Fórum Nacional de Cooperativas de Crédito de MPE – Disseminando Boas Práticas e Governança, mostrou a sinergia já consolidada entre o BNDES e esse segmento financeiro, tendo o Sebrae como articulador, na promoção do desenvolvimento local.

Coordenado pelo gerente de Acesso de Serviços Financeiros do Sebrae em Minas Gerais, Alessandro Barbosa Chaves, o painel, no formato de um talk show, mostrou as experiências de sucesso das cooperativas Sicoob Credinova, sediada em Morada Nova (RJ); Sicredi Empresarial, de Campo Grande (MS); Sicredi Noroeste de Três de Maio (RS) e da Cresol Cerro Azul (PR).

INOVAÇÃO

  • Carlos de Paula Coelho de Souza, da Sicoob Credinova, informou que a cooperativa tem 6.500 clientes espalhados por 15 municípios do centro-oeste mineiro. A grande inovação da cooperativa que nasceu rural e se adequou ao regime de livre admissão em 2007, foi a diversificação dos serviços prestados aos associados e a implementação da metodologia (orientação e monitoramento) do microcrédito nas operações de financiamento com toda a carteira de clientes. Antes disso, a inadimplência na área de microcrédito, em 2008, era de 0,4% enquanto nas demais operações estava em torno de 5,11%. Agora, considerando-se todas as operações a inadimplência geral caiu, em dois anos, para 1,8%.
  • Paulo Bender de Camargo, da Sicredi Noroeste informou que a a cooperativa atua de acordo com as necessidades do negócio do cliente. Por exemplo, dá atenção para jovens que queiram instalar lan-houses. Também pretende associar sete mil crianças e adolescentes, além de financiar reformas de casas e reparos de veículos. Trabalha em conjunto com as associações comerciais/empresarias e também com sindicatos de agricultores.
  • Patrícia Belter Grau informou que a Sicredi Empresarial fez uma parceria com a Associação de Ambulantes de Campo Grande, o que ampliou em 479 o número de seus associados. A cooperativa passou a atuar dentro do “camelódromo”, facilitando a vida dos lojistas.
  • Já Adriano Briatori, da Cresol Cerro Azul mostrou como o trabalho próximo aos seus associados, no caso produtores rurais, pode garantir-lhes a inserção em programas de compras de alimentos do governo, destinados tanto à merenda escolar ou à assistência social. Inserção que garante renda constante e melhor qualidade de vida às famílias desses produtores.

Fonte: revistapegn.globo.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.