Educação incluirá cooperativismo no currículo escolar

O Plano Nacional de Educação, em discussão na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos deputados, deve incluir o cooperativismo como disciplina nas escolas brasileiras.

A sugestão partiu do deputado Paulo Rubem Santiago, 1º vice-presidente da Comissão, apresentada no dia 14/4/10, durante café da manhã entre dirigentes do cooperativismo e integrantes da Frencoop, no restaurante do Anexo IV da Câmara.

O deputado sugeriu aos presidentes da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, e da Frencoop, Odacir Zonta, uma reunião entre maio e junho com a direção da Comissão para tratar do assunto.

Ele disse que a Comissão de Educação e Cultura debate o novo Plano Nacional de Educação, a ser anunciado nos próximos meses, e propôs que o cooperativismo passe a constar como uma das disciplinas escolas a ser ensinado nas escolas brasileiras.

O secretario executivo da OCB, Renato Nobile, vai articular a interação do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) com a Comissão de Educação e Cultura, para que a proposta apresentada pelo deputado Rubem Santiago possa se materializar.

A missão do Sescoop é promover o cooperativismo, a capacitação, a formação profissional, a autogestão e desenvolvimento social nas cooperativas.

Fonte: OCB

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.